Consulta ao lote extra de abril é liberada

São Paulo – A Caixa Econômica Federal liberou ontem a consulta ao abono do Programa de Integração Social (PIS) que será pago neste mês. O lote de abril liberará valores a trabalhadores já incluídos no calendário oficial desde o início do ano e a profissionais que tiveram o direito reconhecido após revisão de dados.

O pagamento será realizado na próxima segunda-feira (17). Ao todo, 4,7 milhões de trabalhadores e servidores recebem o abono do PIS/Pasep no lote deste mês, sendo 1,4 milhão que entraram no lote extra.

Para quem é cliente da Caixa, o dinheiro é disponibilizado por débito em conta. Para os demais, o saque pode ser feito por meio do aplicativo Caixa Tem, na poupança digital social da Caixa, nas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui.

Além do PIS, o governo também pagará o Pasep a quem é servidor público. Esses valores são liberados pelo Banco do Brasil. Recebem em abril os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em maio e junho e os servidores com número final da inscrição 3 ou 4.

Os novos beneficiários do lote extra foram incluídos após correção dos dados enviados pelos empregadores por meio da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do eSocial. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, havia divergências em cadastros, que agora foram atualizados.

ecebem em abril trabalhadores nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril que estavam de fora do pagamento. Para ter o benefício, no entanto, os profissionais precisam atender às regras do benefício.

Tem direito ao abono do PIS/PasepP 2023,  ano-base 2021, o trabalhador que exerceu atividade remunerada com carteira assinada ou trabalhou no serviço público por ao menos 30 dias em 2021; recebeu até dois salários mínimos, em média; está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais e no eSocial. (Cristiane Gercina).

Fonte: Fenacon