Salário mínimo deve subir para R$ 1.412 em 2024

Reajuste do salário mínimo mudou de regra em agosto para garantir reajuste real –acima da inflação

Alta será de R$ 92 em relação a 2023; o INPC divulgado nesta 3ª feira (12.dez) subiu 3,85% no acumulado de 12 meses até novembro

O salário mínimo deve subir de R$ 1.320 para R$ 1.412 em 2024. O aumento corresponde a uma alta de 6,97%, ou de R$ 92.

O cálculo de reajuste foi feito pelo economista-chefe da Ryo Asset, Gabriel Leal de Barros. Foi possível chegar ao valor depois da divulgação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) nesta 3ª feira (12.dez.2023). Acumulou uma taxa de 3,85% em 12 meses até novembro. Eis a íntegra do relatório (PDF –  749 kB).

O novo cálculo de reajuste do salário mínimo –aprovado em agosto de 2023– considera o INPC até novembro do ano anterior (2023) e a variação da atividade econômica de 2 anos anteriores, ou seja, em 2022 no caso do ano de 2024 como referência. Em 2022, o PIB (Produto Interno Bruto) subiu 3%.

O relatório do PLOA (Projeto de Lei Orçamentária Anual) de 2024 prevê um salário mínimo de R$ 1.421. Na prática, é R$ 9 maior que o valor que deverá ser efetivado. O motivo para a diferença é a trajetória mais baixa da alta do INPC.

Gabriel Leal de Barros avalia que o aumento do salário mínimo de R$ 1.320 para R$ 1.412 vai aumentar os gastos públicos em R$ 37 bilhões no próximo ano em comparação com 2023. O acréscimo se deve aos itens que são indexados ao salário mínimo, como, por exemplo, aposentadorias e pensões.

Fonte: Poder 360